Como é trabalhar em uma cooperativa?

Para trabalhar em uma cooperativa, o funcionário precisa estar disposto a entender sobre algumas diferenças do movimento cooperativista em relação a uma empresa privada. Apesar do colaborador também ser registrado no regime CLT, seu comportamento interno deve seguir outros padrões.

Em outras palavras, não há fornecedores ou clientes a serem atendidos. E essas organizações não visam lucro. O que existe são os cooperados, os verdadeiros chefes de todo o quadro de funcionários de uma cooperativa. Após a adesão de um associado ao produto o qual determinada organização desenvolve, cada colaborador deve “mostrar serviço” para essa pessoa.

Por isso é importante estar ciente dos 7 princípios do cooperativismo. Como exemplo, o primeiro deles, intitulado Adesão Voluntária e Livre. Ou seja, a adesão de associados a uma cooperativa é aberta. Não há discriminação quanto à raça, religião, sexo, classe ou ideologia de seus interessados. O que expressa os valores de igualdade e liberdade do movimento.

Em segundo lugar está o fato da gestão ser democrática. Quem controla essas organizações são seus membros, que participam diretamente na formulação das suas políticas e na tomada de decisões. Os representantes oficias são eleitos por todo o grupo, sejam eles homens ou mulheres.

 

 

Fonte: https://www.baalbeksp.com.br/como-trabalhar-em-cooperativa/

Deixe uma resposta