Aniversário de 27 anos de Matina

A primeira formação administrativa de Matina é datada de 14 de Janeiro de 1921. A Lei Municipal nº41 criou o Distrito com a denominação de Matas, subordinado à Riacho de Santana. Em 1º de Outubro do mesmo ano, a criação do distrito foi aprovada por uma lei estadual. O nome Matina foi adotado oficialmente somente em 1938 e a emancipação aconteceu pela lei estadual nº 4852, de 05-04-1989, desmembrado do município de Riacho de Santana. O município foi instalado em 01-01-1990.

Matina tem como município limítrofes Riacho de Santana, Palmas de Monte Alto e Igaporã. A área do território de matina é de 775,737 Km², e a população estimada pelo IBGE em 2015 foi de 12.314 habitantes. Francisco José Cardoso de Castro foi eleito o primeiro prefeito do Município, em 15 de novembro de 1989. Atualmente a cidade é administrada por Juscélio Alves Fonseca.

Segundo Fontes históricas, Matina nasceu a margem de uma lagoa onde havia exploração de sal em uma forma mais rudimentar. A primeira igreja de Matina teria sido construída no final do século XIX, na região onde é realizada a feira da cidade nos dias atuais.

A Bandeira do Município de Matina foi da autoria da prof ª Maria Dolores Machado de Castro, tem como cores: azul, verde, amarelo e branco. E destacando o intenso sol que age no solo Matinense como perspectiva de aproveitamento energético, se expressa pela Bandeira a maior produção do Município com ênfase para o feijão catador, algodão e capim com o aproveitamento da semente.

 

Fonte: https://agenciasertao.com/2016/03/16/27-anos-de-matina/

Deixe uma resposta