CTES realiza com sucesso o Dia C em Barra

O município da Barra fica a 675 km da capital, Salvador e 660 km de Vitória da Conquista onde a Cooperativa mantem a sua sede administrativa. Com área territorial de 11.333 km², é o 20º município em extensão territorial brasileiro e possui três distritos: Barra (sede), Igarité (1º distrito), Ibiraba (2º distrito). Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2018, era de 53 231[3] habitantes, sendo o 44º em população na Bahia.

 

A cidade tem pontos turísticos encantadores e que nos rementem ao século passado.  O Palácio Episcopal de Barra localiza-se na Praça Barão de Cotegipe (Praça do Coreto), no centro da cidade. É um importante monumento no centro histórico da cidade, sendo à moradia oficial do Bispo local Dom Frei Luís Flávio Cappio OFM. O Mercado Municipal de Barra completou o seu centenário em 2017, além de feiras de artesanato, também tem bares e restaurantes com excelentes cardápios com comida típica local. É um prédio imponente, com uma arquitetura neoclássica, tendo uma beleza de deuses e semideuses com belas esculturas gregas romanas e no topo do prédio tem o mensageiro e deus do comércio Mercúrio. Já o Balneário Farol da Barra é uma área de lazer, na beira do Rio grande, um dos maiores afluentes do Rio São Francisco.

O belo cenário da cidade, com seu estilo centenário, casarões tombados, à beira do encontro dos Rios Grande e São Francisco, fez com que o nosso evento ficasse ainda mais encantador. E ainda podemos visitar o Prédio da Prefeitura Velha, o Centro Cultural, além do famoso São João, que é um dos melhores festejos juninos da Bahia, e o melhor do Oeste da Bahia. A festa acontece entre os dias 16 à 24 de junho na Praça central da cidade, sendo 9 dias de festa com entrada gratuita e as maiores bandas de forró do país.

A CTES com apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, SESCOOP-Ba, realizou no dia 13 de abril, na cidade de Barra-Ba, o DIA C; um projeto criado para estimular as cooperativas a transformar ações pontuais em verdadeiros projetos elaborados em prol das comunidades. O objetivo é proporcionar diversas atividades e iniciativas em municípios que atua, priorizando o trabalho voluntário e demonstrando a capacidade do setor para atuar socialmente. O empenho dos funcionários da CTES foi reconhecido pela população presente que teve à disposição serviços oferecido de saúde e bem estar, como: aferição de pressão e glicemia, maquiagem, manicure,  brinquedos para as crianças, apresentação dos jovens da Fundação de Capoeira Eu Negro do mestre Jocilon e professor Moiséis, com sua percussão, a orquestra de violões do Lira musical Deolindo Lima, tendo como músicos seis adolescentes e por fim, cooperados e membros da população local que fizeram apresentações como cantores e canções de mpb e músicas regionais.

Segundo a Organização das Cooperativas Brasileiras-OCB, para termos uma ideia do tamanho deste movimento, em apenas nove anos, o Dia C já conta com a adesão de mais de 1,5 mil cooperativas, que abraçaram essa ideia e transformaram a vida de mais de dois milhões de pessoas. E isso só é possível por meio do trabalho engajado de cerca de 120 mil voluntários, em 1.081 municípios, de todos os estados brasileiros.

A CTES acredita que os projetos ambientais, sociais e culturais podem ser a oportunidade para que comunidades carentes superem, muitas vezes, uma negligência imposta pela realidade. Entende também a importância do envolvimento dos seus funcionários e colaboradores que se dedicam de forma incondicional para que esse dia seja um dia capaz de ficar marcado para o público que participa.

Outros Dia C e eventos sociais estão dentro do planejamento de comunicação da CTES para o ano de 2019, com a certeza que a sustentabilidade e o bem estar dos seus cooperados e população a qual a cooperativa está inserida, são de grande valor. Compreendem que seu propósito maior é servir e não se apegam à antiga ideia de que precisam ser servidos.

Confira as fotos em nossa galeria:

Por Ascom/CTES

 

Deixe uma resposta