Capital Social, Cota capital e muitos benefícios

Entenda melhor como funciona o negócio cooperativo e quais as vantagens.

Para ter acesso aos produtos e serviços de uma cooperativa, é preciso associar-se à instituição, adquirindo uma ou mais cotas de capital (ou cotas-parte). E isso pode representar muitos benefícios para o associado.

Em uma cooperativa financeira, por exemplo, para ter acesso a linhas de crédito, financiamentos, aplicações e outros, é preciso, antes, associar-se e integralizar suas cotas de capital. Mas depois disso feito – além de ter acesso a taxas bem menores do que as cobradas por um banco comum –, quanto mais você operar com a cooperativa, mais pode ganhar.

Afinal, como as cooperativas são instituições sem fins lucrativos, quando há sobras nos resultados, elas retornam para os associados, conforme suas participações (aí está uma das vantagens de adquirir cotas de capital).

E é reunindo as contribuições em cotas de capital de todos os associados que se forma o Capital Social da cooperativa.

 

– Mas, afinal, o que o Capital Social representa em uma cooperativa?

Em um cooperativa, o Capital Social pode ser definido como a soma de todas as cotas de capital dos associados.

Como as cooperativas não visam lucro, esse dinheiro contribui para o suporte das atividades financeiras da instituição, viabilizando suas operações e negócios. Assim, na sociedade cooperativa, o Capital Social é lastro para a prestação de serviços ao cooperado.

A participação do indivíduo no Capital Social da cooperativa dá a ele a condição de associado do empreendimento, podendo usufruir de todos os produtos e serviços oferecidos e concordando em cumprir com suas responsabilidades como cooperado.

 

– O Capital Social de uma cooperativa pode variar?

Uma cooperativa pode aumentar seu capital social com a adesão de novos associados. Ou, por exemplo, quando um ou mais associados correntes decidem investir no aumento de suas cotas de capital

Por outro lado, quando um associado deixa a cooperativa (por demissão, eliminação ou exclusão), sua cota-capital é devolvida integralmente a ele, o que poderia comprometer o Capital Social da instituição. Como se trata de uma despesa para toda a sociedade, a correção do capital de ex-associados é repartida entre todos os cooperados.

 

– Quais as vantagens de adquirir cotas de capital em uma cooperativa?

 

1 – Associar-se e ter acesso a produtos e serviços com mais vantagens

Adquirindo cotas de capital, é possível associar-se e ter acesso aos produtos e serviços da cooperativa, os quais costumam apresentar boas vantagens se comparados aos similares do mercado.

2 – Investir no que é seu

Sendo um dos associados da cooperativa, adquirir cotas de capital significa investir em um negócio que também é seu. Afinal, se com a cooperativa você tem acesso a bens e serviços com mais vantagens, investir nisso pode ajudar a garantir a continuidade da instituição e de seus benefícios. Quanto mais os cooperados investem na cooperativa, mais forte fica a instituição, podendo oferecer produtos e serviços cada vez mais competitivos.

3 – Garantir melhores resultados

Aumentando sua participação na cooperativa e investindo no que é seu, você fortalece a instituição e ajuda a garantir resultados melhores. E como nos casos de resultados positivos, as sobras são repartidas entre os associados, conforme suas participações, você garante mais retorno.

4 – Fazer uma aplicação de longo prazo

Adquirir cotas de capital em sua cooperativa pode ser considerada, também, uma estratégia de investimento de longo prazo. Isso porque o dinheiro investido nas cotas de capital, assim como seu retorno, só pode ser retirado após um prazo estipulado pelo estatuto da instituição. Afinal, as cotas de capital integram o Capital Social do negócio cooperativo. Mas o rendimento pode ajudar a garantir um futuro mais tranquilo.

 

Fonte: www.oseudinheirovalemais.com.br

Deixe uma resposta