Advogados de cooperativas de crédito da Bahia debatem assuntos de relevância jurídica

Advogados das cooperativas de crédito associadas ao Sicoob Central BA participaram, no dia 11 de dezembro de 2017, do primeiro Seminário Jurídico do Sicoob Central, promovido pelo Sicoob Central BA em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Bahia – SESCOOP/BA.

Debater assuntos de relevância jurídica a fim de alinhar os processos judiciais das entidades integrantes do sistema cooperativista de crédito foi o principal objetivo do evento, que contou na sua programação com a reflexão sobre os seguintes temas: “Ausência de Solidariedade entre as entidades do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo – SNCC”, que foi exposto pelo Dr. Ricardo Senra, Gerente Jurídico do Bancoob; “A Solidariedade Trabalhista entre as entidades do SNCC e os Tribunais Trabalhistas”, abordado pelo Dr. Daniel Campos Antunes, advogado da OCB; “Reforma Trabalhista no âmbito do SNCC”, que foi apresentado pelo Dr. Alex Rafael Hoffling, advogado do Bancoob; e, por fim, “Inaplicabilidade do CDC – Ato Cooperativo Típico”, abordado pelo Dr. Adriano Oliveira da Silva, advogado do Sicoob Central BA.

Os participantes tiveram a oportunidade de trocar conhecimentos com todos os palestrantes e alinhar entendimentos sobre os principais temas das defesas que envolvem as cooperativas de crédito. De acordo com Jacqueline Azevedo, Gerente Jurídica e de Normas do Sicoob Central BA, os facilitadores demonstraram um domínio pleno do conteúdo, transmitindo as informações com facilidade e clareza, atendendo às expectativas dos participantes.  “Alcançamos o objetivo principal do evento de aproximar os atuantes na defesa dos interesses das cooperativas baianas de crédito e levar à compreensão de como funciona o Sicoob, pois precisamos entender como as instituições do sistema funcionam, qual a responsabilidade de cada uma delas para podermos desenvolver e defender nossas teses”, concluiu.

O SESCOOP/BA tem realizado e apoiado eventos e capacitações voltados para os advogados que atuam nas cooperativas baianas, pois ao qualificá-los todo o sistema cooperativista ganha.

Por ASCOM SESCOOP/BA 

Fotos cedidas pelos participantes

Deixe uma resposta