O Que São Empresas Cooperativas e Quais São Suas Características?

Você já ouviu falar em cooperativas? Talvez, mesmo sem saber, você já tenha tido contato com algumas empresas cooperativas ao longo de sua vida.

Em 2018, estimava-se que havia cerca de 6.800 cooperativas no Brasil. Elas são responsáveis por gerar empregos para a sociedade e movimentar a economia do país.

Mas, você realmente sabe o que é uma cooperativa e como ela funciona? Você conhece seu objetivo e as principais características desse modelo de negócio?

Por isso, preparamos o post abaixo para responder essas e outras perguntas sobre esse assunto.

Quer saber mais? Acompanhe!

 

O que são empresas cooperativas?

O cooperativismo é mais do que um modelo de negócio para as empresas, ele pode ser considerado como uma ideologia que tem o objetivo de transformar o mundo em um local mais justo e equilibrado.

De acordo com a Lei Nº 12.690/2012 as empresas cooperativas são compostas por profissionais que possuem o objetivo de conquistar melhores condições de trabalho.

Ou seja, são profissionais autônomos com a mesma profissão ou ofício, que se reúnem com o propósito de ter melhores condições de trabalho e que desejam prestar algum tipo de serviço à sociedade.

Quando o profissional ingressa em uma empresa cooperativa, ela passa a ser sócio dessa empresa. E as decisões são tomadas por todos os sócios.

As empresas cooperativas também são responsáveis por evitar que os profissionais aceitem exercer atividades insalubres e com salários abaixo do valor adequado para determinada função.

As cooperativas podem desenvolver as atividades voltadas para dois segmentos, são eles:

 

Produção

Nesse modelo, os sócios que fazem parte da cooperativa contribuem com o trabalho de produção de bens e detém os meios de produção.

Exemplo: Cooperativas de reciclagem e artesanato.

Serviço

Já no modelo de serviço, os sócios das empresas cooperativas prestam algum tipo de serviço especializado para terceiros e não há vínculo empregatício entre as partes.

Exemplo: Serviço de tradução, contabilidade, financeiro etc.

 

Qual a diferença entre uma empresa e uma cooperativa?

No modelo de negócio representado pelas empresas cooperativas, os profissionais que fazem parte da empresa são considerados como donos do negócio.

Outra característica é que o objetivo das cooperativas não é o lucro, mas sim atender as necessidades dos sócios e dos cooperados.

Ou seja, enquanto as empresas privadas visam o crescimento e o lucro financeiro, as empresas cooperativas buscam a união dos profissionais para obter melhores condições de trabalho.

A maioria das empresas privadas possuem um conselho diretor onde são tomadas as decisões por pessoas específicas. Já nas cooperativas, todos os cooperados fazem parte do processo de tomada de decisão e são donos do capital da empresa.

Veja o quadro abaixo com as principais diferenças entre uma empresa e uma cooperativa:

 

Cooperativa Empresa
Todos os cooperados são donos do negócio. O principal objetivo da empresa é desenvolver as atividades de acordo com os princípios cooperativistas e dos valores humanos. A empresa possui um único dono ou vários sócios que têm o poder de tomar as decisões. O principal objetivo da empresa é o crescimento e o retorno financeiro.
Os meios de produção dos bens é uma propriedade coletiva de todos os cooperados Os meios de produção dos bens produzidos, não são da empresa. Mas sim, de quem os produz.

 

Quais são as principais características de empresas cooperativas?

As empresas cooperativas funcionam de forma diferenciada. Portanto, elas possuem algumas características específicas para melhorar seu funcionamento.

Veja a seguir quais são as características das cooperativas de acordo com o Art. 1.094 da Lei nº 10.406/202:

 

I – Variabilidade, ou dispensa do capital social;

II – Concurso de sócios em número mínimo necessário a compor a administração da sociedade, sem limitação de número máximo;

III – limitação do valor da soma de quotas do capital social que cada sócio poderá tomar;

IV – Intransferibilidade das quotas do capital a terceiros estranhos à sociedade, ainda que por herança;

V – Quórum, para a assembleia geral funcionar e deliberar, fundado no número de sócios presentes à reunião, e não no capital social representado;

VI – Direito de cada sócio a um só voto nas deliberações, tenha ou não capital a sociedade, e qualquer que seja o valor de sua participação;

VII – distribuição dos resultados, proporcionalmente ao valor das operações efetuadas pelo sócio com a sociedade, podendo ser atribuído juro fixo ao capital realizado;

VIII – indivisibilidade do fundo de reserva entre os sócios, ainda que em caso de dissolução da sociedade.

 

Quais são os principais tipos de empresas cooperativas?

Segundo a Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB, existem três tipos de empresas cooperativas e elas variam de acordo com o tamanho e o objetivo de cada uma.

Conheça a seguir as classificações de empresas cooperativas:

1º Grau – Singular

As empresas cooperativas que se enquadram nesse modelo são caracterizadas como uma cooperativa para pessoas.

Ou seja, o objetivo dela é prestar serviços direto aos associados. E a sua formação deve ser composta por, no mínimo, 20 cooperados.

As cooperativas de 1º grau podem contratar pessoas jurídicas, entretanto elas não devem estar no mesmo meio econômico exercido pela organização.

2º Grau – Central ou Federação

No 2º grau as cooperativas são destinadas para outras cooperativas. O objetivo é organizar os serviços prestados pelas filiadas e facilitar a sua utilização.

Elas são constituídas por, no mínimo, três empresas cooperativas singulares.

3º Grau – Confederação

As empresas cooperativas de 3º grau são para as federações. Ou seja, elas são formadas por, no mínimo, três cooperativas federais (2º grau) de qualquer segmento, e possuem o objetivo de organizar os serviços das filiadas em uma escala maior.

 

Segmentos das Empresas Cooperativas

Nós abordamos quais os tipos de cooperativas que existem no mercado, porém, cada empresa possui o seu segmento de atuação.

Veja a seguir:

 

Cooperativas Agropecuárias

Esse segmento compõe todos os produtores rurais e toda a cadeia produtiva: cultivo, colheita, comercialização, compra de insumos, armazenamento e industrialização dos processos.

 

Cooperativas de Consumo

Nesse modelo, as cooperativas são responsáveis pela atividade de abastecimento dos estoques do comércio varejista.

Ou seja, elas abastecem locais como farmácias, supermercados e outros que necessitem de insumos (roupas, alimentos, medicamentos etc.).

Através desse armazenamento, os produtos poderão ser distribuídos aos consumidores com condições mais vantajosas de preço.

 

Cooperativas de Saúde

Essas cooperativas são destinadas aos profissionais de saúde. O principal objetivo é beneficiar a população oferecendo o acesso às clínicas, hospitais, planos de saúde e outros serviços.

Uma das maiores cooperativas da área da Saúde é a Atesa. Ela oferece dois tipos de serviços:

  • Para empresas: Fornece a gestão completa dos profissionais de saúde;
  • Para pessoas físicas: Nesse modelo a empresa possui o programa PAE – Programa de Atendimento Especializado. Esse programa é composto por profissionais capacitados para prestar o serviço de Home Care.

 

Cooperativas de Trabalho

As empresas cooperativas de trabalho são as que mais crescem atualmente. Elas são formadas por profissionais do mesmo ramo que fornecem serviços a terceiros.

Alguns exemplos dessas cooperativas são os artesãos, trabalhadores de construção civil, reciclagem, limpeza e outros.

Dentro desse segmento, podemos destacar as seguintes empresas:

  • Goldcooper: Essa empresa é responsável por oferecer serviços administrativos a terceiros como: recepção, atendimento ao cliente, assistente de vendas, gerentes financeiros e muito mais.
  • Deltacooper: Formada por profissionais do setor de logística e transporte, que prestam serviços nas empresas contratantes de forma autônoma, tais como estoquista, empacotador e outros.
  • Multicooper: Essa cooperativa é do segmento de Telecomunicações. E é formada por profissionais experientes do ramo de TI que estão aptos para atuar em diversos níveis no mercado.

 

Cooperativas de Transporte

Essas cooperativas atuam na prestação de serviço de transporte de cargas e passageiros.

Elas prestam serviços em várias modalidades como: transporte individual de passageiros (táxis), transporte coletivo de passageiros (ônibus e vans), transporte de cargas (caminhões), entre outros.

 

Ao longo desse artigo podemos entender que as empresas cooperativas são formadas pelos próprios profissionais que atuam no dia a dia.

O seu principal diferencial é que as cooperativas não visam o lucro, tal como as empresas privadas. Portanto, o seu objetivo é satisfazer as necessidades econômicas dos cooperados.

Para isso, as empresas cooperativas seguem alguns princípios básicos que norteiam as atividades visando atingir os objetivos propostos.

No Brasil, as cooperativas estão em crescimentos e atuam em diversos setores econômicos. Elas geram milhões de renda aos trabalhadores e proporcionam melhores condições de trabalho, contribuindo para o crescimento econômico do país.

Por mais que a gente não saiba, as empresas cooperativas estão presentes no dia a dia de muitos brasileiros.

 

fonte: https://empresasecooperativas.com.br/

Deixe uma resposta