PF faz operação para investigar favorecimento na contratação de cooperativa de trabalho na Prefeitura de Caxias; valor ultrapassa R$ 500 milhões

Agentes da Polícia Federal, com apoio da Controladoria Geral da União, deflagraram a “Operação Anáfora”, com o objetivo de investigar um suposto favorecimento na contratação de cooperativa de trabalho pelo Município de Duque de Caxias, por valores que, somados o contrato e seus aditivos, totalizam R$563.550.000 em pouco mais de dois anos.

Na ação, cerca de 130 policiais federais e servidores da CGU cumprem 27 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 06ª Vara Federal Criminal do Rio, nos municípios de Duque de Caxias (03), Maricá (01), Angra dos Reis (02), Mesquita (01), Niterói (01), Nova Iguaçu (01) e na capital carioca (18).

Segundo a polícia, a investigação foi iniciada em janeiro deste ano e aponta que a cooperativa pertence a uma organização criminosa que opera no Estado do Rio em um contexto de corrupção sistêmica, por meio de desvio de recursos públicos, em especial na área da saúde, há décadas.

Os mandados de busca e apreensão são para diversas pessoas, incluindo empresários, operadores financeiros e prováveis líderes do esquema criminoso.

O nome da operação faz referência a uma figura de linguagem utilizada por escritores através da repetição de uma ou mais palavras no início de versos, orações ou períodos. Empregada na poesia e na música, a “Anáfora” aumenta a expressividade da mensagem, enfatizando o sentido de termos repetidos consecutivamente.

 

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/pf-faz-opera%C3%A7%C3%A3o-para-investigar-112233712.html?guccounter=1&guce_referrer=aHR0cHM6Ly93d3cuZ29vZ2xlLmNvbS8&guce_referrer_sig=AQAAAGMFf4PXBhkSx0PTpAONE0s-APDe-DDIswVI0O02dUFKnA18lOSHzSrx2sJyprnqbhvKlUA1OhiU6LQbhrt4F3mV4E6MCSH1b3Ei4DD1LItrsQU5H4kWAT241NX18rjTP12_hScFjKMS3HgebLLD9dEnfmX_cY_CVsJJMJulwHUz

Deixe uma resposta