As qualidades necessárias para trabalhar como auxiliar de limpeza

profissional de limpeza é um dos mais requisitados do mercado, pois seu trabalho é muito importante para manter um bom funcionamento de qualquer local. A oferta de emprego nessa área é grande, mas para conquistar uma vaga de auxiliar de limpeza, o profissional deve se encaixar no perfil cada vez mais exigente das empresas quanto à escolaridade mínima, a apresentação pessoal e a experiência na função.

Um currículo bem feito, pontualidade e bom relacionamento com colegas são básicos para qualquer função, não é mesmo? Se você deseja uma colocação nesse mercado concorrido, esteja atento às qualidades necessárias para ser um bom profissional, bem como faz o auxiliar de limpeza.

Seja discreto no ambiente de trabalho

Durante o período de trabalho, o bom profissional deve ser “invisível”. Isso não significa que não possa falar, mas sim que tenha uma postura discreta e profissional. Conversar demais, falar ao celular, cantar ou puxar conversa com todos que passam são atitudes que podem não ser vistas com bons olhos pelas empresas. Discrição é a palavra chave para o auxiliar de limpeza. Mas ainda lembre-se que suas atitudes poderão variar conforme o perfil da empresa: algumas permitem que você tenha mais liberdade, enquanto outras são mais rígidas.

Um auxiliar de limpeza precisa saber trabalhar em equipe

auxiliar de limpeza, diferente do empregado doméstico, trabalha para empresas ou em ambientes comerciais. Geralmente existem vários profissionais que são designados para diferentes funções e cabe ao bom profissional saber acatar normas e trabalhar em harmonia com os colegas.

Corresponda à confiança do empregador

Os funcionários da limpeza costumam ter acesso a locais reservados e devem corresponder à confiança de seu empregador. Nunca comente o conteúdo de armários ou dispensas com ninguém e da mesma forma, seja “cego, surdo e mudo” com relação às conversas dos outros funcionários ou de patrões.

Respeite e valorize o próprio trabalho

Faz parte da rotina do auxiliar de limpeza conviver com pessoas diferentes. Ao mesmo tempo em que deve ser simpático quando solicitado, o bom profissional deve saber valorizar seu trabalho e exigir ser respeitado no exercício das suas funções e na hora de negociar salários e benefícios. Faça valer seus direitos!

Seja ágil na hora de executar as tarefas

profissional da limpeza precisa ter agilidade ao executar suas tarefas para não impedir que locais como salas e banheiros fiquem interditados por muito tempo, impedindo o fluxo normal de usuários.

Seja organizado no trabalho

Um auxiliar de limpeza desempenha várias tarefas durante sua jornada de trabalho e isso exige muita organização e domínio da função. Estabeleça horários para fazer cada uma delas bem feitas e não deixar nada para fazer no dia seguinte. Da mesma forma, seja organizado com seus materiais de trabalho, fique atento para não deixar nada espalhado.

Fique atento aos melhores horários para cada tarefa

O profissional deve organizar sua rotina de trabalho levando em conta os horários de menor movimentação de pessoas em cada local ao executar a limpeza. Em um edifício residencial, por exemplo, o maior movimento é quando os moradores estão saindo para o trabalho ou voltando, ou em horários de saída escolar. Se feitas em horários errados, as tarefas correm o risco de terem que ser refeitas.

Conheça os diferentes tipos de limpeza

Existem diferenças entre a limpeza diária e a limpeza pesada e métodos para executar cada uma delas. A limpeza diária, ou de rotina, é aquela de manutenção do asseio de locais e reposição de materiais como papel higiênico, papel toalha e sabonete. A limpeza pesada, mais completa, é feita em horário determinado a critério da empresa, como lavagem de vidraças, lavagem com abrasivos ou limpeza interna de armários ou mesmo as limpezas necessárias quando pedreiros ou outros profissionais da área de manutenção faz algum trabalho no local

Saiba quais os produtos adequados a cada área

Na limpeza de rotina ou na limpeza pesada, o bom profissional deve conhecer quais produtos podem ser utilizados em cada superfície para não correr o risco de danificá-las. Produtos ácidos, abrasivos ou que podem manchar devem ser usados de acordo com as instruções do rótulo para pisos, madeira, carpetes, vidros e outros materiais. Tire dúvidas, pergunte e nunca arrisque.

Cuide da própria saúde ao lidar com produtos

Muitos produtos de limpeza, quando inalados ou em contato prolongado com a pele, podem oferecer riscos à saúde do profissional. Da mesma forma, alguns equipamentos elétricos ou materiais cortantes podem causar acidentes. Um bom profissional sempre usa itens de segurança, como luvas e máscaras e fica atento ao lidar com equipamentos que podem provocar ferimentos. Lembre-se: a sua saúde está em primeiro lugar.

Fonte: EmpregoLigado

Deixe uma resposta